Audiência Pública debate sobre impacto do turismo no Parque do Rio Ivinhema

Jateí (MS) – Em continuidade das ações para desenvolver o turismo no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, foi realizado na sexta-feira (27), uma Audiência Pública em Jatei com o tema do parque como “Indutor do Turismo na Região”.

Proposta pela Assembleia Legislativa, o Governo do Estado participou como convidado e parte fundamental do processo de indução ao turismo no Parque do Ivinhema. Representantes de Jateí, Taquarussu, Naviraí, além da Fundação de Turismo e estudantes da UEMS (Universidade Estadual de MS), também participaram da ação.

Representando o governador Reinaldo Azambuja, o diretor-presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS), Ricardo Éboli, afirma que após anos focados apenas na preservação, agora se inicia um novo desafio. ““Temos agora o desafio de ter uma postura diferente de outrora, que era apenas ter espaço reservado para o próprio espaço e não para a sociedade. Mas nós acreditamos que a razão de uma Unidade de Conservação existir é que o ser humano possa ser parte dela, e precisamos d ajuda dos jovens para divulgar, não só as belezas naturais, mas também agregar valore às cidades vizinhas, porque, não existe parque bem sucedido com município não desenvolvido”.

Para o presidente do Imasul, órgão vinculado a Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Turismo, o start da nova fase deve ser feito em uma ação conjunta com as prefeituras, sociedade e Governo “para esse parque ser um modelo de gestão público. Temos uma possibilidade fantástica e o governo já iniciou essa mudança de postura com a atualização do plano de manejo”, disse Ricardo Éboli.

Proponente da audiência, o Deputado estadual Renato Câmara, convidou a todos para conhecer o Parque do Ivinhema e suas belezas. “Nós sabemos que precisamos cuidar do Meio Ambiente e o Parque do Ivinhema tem um potencial enorme, mas adormecido. Sabemos que ele pode cumprir seu papel para a pesquisa, o turismo e a preservação. O parque está pronto, mas precisamos que ele seja ocupado, que as pessoas se sintam parte dele”.

“É algo fantástico essa unidade de conservação, sem comparação com lugares parecidos, mas temos que fazer a população mais presente disso, pois a grande maioria não conhece esse lugar tão especial e que nos pertence. Tenho certeza que agora, com apoio especial do Governo do Estado, o Parque do Ivinhema terá o reconhecimento e seu potencial explorado”, disse o Prefeito de Jatei, Eraldo Jorge Leite. 

Prefeito de Taquarussu, Roberto Tavares Almeida, disse que conheceu o parque em 2013 e ficou decepcionado com o abandono do espaço. “Na época iniciamos um trabalho de reestruturação. Até chegar como está, pronto pra visitação, tivemos apoio efetivo do Imasul, que trabalha diariamente na conservação”.

A Audiência Pública contou ainda com uma palestra do Jean Carlo de Lima, diretor de desenvolvimento do Turismo na Fundtur (Fundação de Turismo de MS), sobre a “Regionalização do Turismo” e do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) com o tema “Turismo em Unidades de Conservação”.

Priscilla Peres – Ascom Semagro